termos partiturísticos para violão!!!!

felipe
Mensagens: 55
Registrado em: Ter 04 Nov 2008, 04:03
Localização: rio de janeiro

termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por felipe » Qua 12 Nov 2008, 12:56

:D este tópico tem a intenção de ajudar os iniciantes em violão erudito e matar a curiosidade dos não-iniciados. As terminologias aqui utilizadas podem não ser consenso, e espero contribuições de quem tiver algo a acrescentar. Tentarei dar dicas de técnicas também.

chasquido: Ruído (em geral) indesejado na música para violão, que ocorre quando muda-se a posição da mão esquerda (me), arrasta-se os dedos pelas cordas, ou há um movimento muito brusco. Para evitá-lo, é necessário estudar bem o movimento. Em caso de arraste nas cordas de bordão, tente tocar menos com a ponta e mais com a polpa do dedo, diminuindo assim o chasquido; isso é muito útil quando se toca, por exemplo, o Prelúdio 1 do Heitor Villa-Lobos.

pizzicato: Existem algumas formas de fazer pizzicato no violão. A mais importante, no entanto, é abafar as cordas, com a lateral da mão direita (md), e tocar o resto naturalmente. Essa abafada deve ser bem próxima do cavalete, para não tirar demais o som. Pode ser, inclusive, em cima do rastilho.

glissandi: Ou glissando, como preferir. Em geral, no violão, o glissandi não passa por todas as freqüências de som, mas se efetua com um arraste. Só é possível fazer glissandi em uma mesma corda.

ligaduras de tempo: as ligaduras de tempo, diferentes da de valor, ligam sonoramente duas notas diferentes e, no violão, esse tipo de ligadura adquire uma prática particular. Deve-se evitar retirar a primeira nota tocada e tocar a segunda em uma outra corda, ligando-as sonoramente. No prelúdio da primeira suíte de Bach, BWV 996, por exemplo, há uma escala descendente que exige esse tipo de ligadura e que deve-se alternar cordas apertadas na segunda região com cordas soltas deixando-se soar para parecer um som ligado.

leggato: Em uma mesma corda, pode ser efetuado apenas retirando ou acrescentando um dedo à corda, sem produzir novo som, apenas ligando. a primeira nota do leggato será tocada com a md e me e a segunda apenas com a me. Não deve-se tirar ou colocar o dedo com muita força, pois senão ocorrerá o martelato. Imagine um gráfico: a primeira nota é pulsada e começa a perder volume. A segunda nota não pode começar com mais volume do que a primeira nota estava soando quando a segunda foi efetuada.

martelato: Basicamente, é produzir uma nota apenas coma mão esquerda, batendo-a com força. É diferente, nesse sentido, do leggato.

sultasto: Consiste em se tocar "sobre os trastes", com a md. Deve-se evitar, nesse tipo de técnica, acertar a escala com os dedos da md. Há controvésias quanto ao uso desse técnica para simular timbres de instrumentos antigos, como o alaúde. Alguns sugerem que deve-se tocar perpendicularmente à corda, nesta região, para soar com o instrumento referido a título de exemplo. Outros preferem que se toque na região sulpocicello.

sulponcicello: Consiste em tocar perto do cavalete. O pizzicato é um exemplo de técnica efetuada em sulponcicello. No Estudio sin luz, do Segóvia, há uma parte da música com indicação para se tocar nesta região.

Existem outras indicações que não são exclusivamente violonísticas,mas seguem aí:

staccato: Do italiano, "separado". Consiste em separar as notas de determinado fraseado, dando-lhe outro caráter musical. Em geral, diminui-se as notas em staccato em metade do seu valor grafado, e a outr ametade do tempo em que a nota soaria é substituída por uma pausa, também de metade do valor da nota original. É como se você transformasse uma nota de tempo 2 em uma nota de tempo 1 seguida de uma pausa de tempo 1. Em geral, o abafamento é feito com os dedos da md, mas não há nada que impeça o uso da me, caso fique mais fácil e soe tão bem quanto.

portato: Do italiano, "segurado". é um tipo de staccato em que se divide o tempo original da nota em 4: no primeiro tempo temos a nota, e nos outros 3 pausa. :okok:
Editado pela última vez por felipe em Qua 12 Nov 2008, 12:58, em um total de 1 vez.

felipe
Mensagens: 55
Registrado em: Ter 04 Nov 2008, 04:03
Localização: rio de janeiro

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por felipe » Qua 12 Nov 2008, 12:57

Vai aí mais um termo muito comum em músicas barrocas e renascentistas:

ennegalle: Consiste em deixar a execução da peça mais orgânica. O ennegalle persistiu por muito tempo. Vamos nos lembrar que o metrônomo só foi inventado com Galileu Galilei e, portanto, antes os músicos não tinham como acertarmetronomicamente os tempos. Há dois tipos de ennegalle: Renascentista e Barroco. O ennegalle é sempre feito durante uma passagem de escala ou melodia.

O renascentista consiste em fazer um leve tempo rubato de forma organizada: se for ascendente, deve-se aumentar levemente a velocidade à medida que sobe; se for descendente deve diminuir um pouco a velocidade à medida que vai chegando nas notas mais graves. Nunca, no entanto perdendo-se o pulso, mas sempre com compensação: se as últimas notas são colcheias mais agudas, elas serão mais rápidas e, para não perder o pulso, as primeiras colcheias mais graves serão colcheias "maiores", isto é, com uma duração maior, já que as últimas colcheias já vão estar aceleradas e serãoa menores que uma colcheia normal.

O Barroco parte do mesmo princípio, só que obtém resultados diferentes: não precisa manter o pulso, e pode-se escolher acelerar ou rallentar a gosto do intérprete, no entanto, sempre com certa compensação. O intérprete deve observar, agora, em quais momentos a melodia muda, ou repete o desenho à partir de outra nota. Em geral o ennegalle Barroco terá o mesmo direcionamento durante uma longa melodia. Toda vez que o desenho melódico se repetir, ele fará o ennegalle: ou começará rápido e diminuirá a velocidade, ou começará devagar e aumentará a velocidade. O ennegalle Barroco não obedece à regra do subiu-acelerou desceu-rallentou, ficando a gosto do intérprete, que deve decidir entre os afetos da música e a forma de ennegalle mais apropriada para a peça.

felipe
Mensagens: 55
Registrado em: Ter 04 Nov 2008, 04:03
Localização: rio de janeiro

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por felipe » Qua 12 Nov 2008, 12:59

trinado: É um tipo de ornamento realizado, no violão, com legatto. Você deve dar um legatto em duas notas, alternando-as entre si durante a duração da nota do trinado. Exemplo: imaginemos que, durante um compasso, haja uma nota de trinado de ré. Estamos na tonalidade de ré e, assim faremos melhor o trinado com ré e dó#. Alternaremos com legatto as duas notas, bem rápido. O trinado também tem sua execução alterada dependendo da época e da indicação do trinado. É algo bem complicado, mas basicamente dá pra sentir como o trinado deveria sair, então não é muito segredo. Há um trinado no Allegro da música "Sonata K16 em dó menor", de Mozart.

martelé: Espécie de destacado muito acentuado, forte e enérgico. Um tipo de staccato.

staccato martelé: Seqüência de pulsões martelé numa única direção.

louré: Portato! As notas são tocadas com mesma expressão, com uma pequena separação, menor que o staccato.
:bravo:
flautato: Imitando o timbre da flauta.

sul mi, si, sol ré, lá ou Mi: Tocar a digitação apenas na corda indicada. Exemplo: sul sol quer dizer que você só pode tocar na nota sol.

flageolet: Emissão de harmônicos, em geral com as cordas soltas. É assim que se fala no meio erudito...

vibrato: Basicamente, pequena oscilação de duas alturas quase iguais. No violão, você apenas vibra o dedo dentro da mesma casa, deixando o som que está soando ora mais grave, ora mais agudo. Geralmente fica a critério do intérprete escolher o tipo, amplitude e velocidade do vibrato, respeitando, porém, os conceitos estéticos e estilísticos da época da peça.

simile: igual, da mesma forma.

alla terza: Indica o acréscimo de uma terça superior a todas as notas a serem tocadas. Termo mais presente na múcia antiga.

felipe
Mensagens: 55
Registrado em: Ter 04 Nov 2008, 04:03
Localização: rio de janeiro

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por felipe » Qua 12 Nov 2008, 13:00

tremolo: É uma técnica de mão direita, que tem duas variantes: clássica e flamenca. quanto à flamenca, não disponho de grande conhecimento sobre o assunto. A clássica usa-se de se tocar com os quatro dedos da mão direita violonística numa ordem particular: anelar, médio, indicador, e polegar. Isso bem rápido, com a mão bem leve, efetuando um movimento cíclico. o a, m e i tocam a mesma corda, sempre, enquanto que o polegar pode efetuar uma outra melodia de acompanhamento por cima. Em geral, a música com tremolo vem numa velociadade muito mais rápida do que seria possível tocar sem essa técnica, e a célula rítmica compõe-se de uma primeira nota efetuada pelo polegar, mais grave, e outras três notas iguais entre si, para serem efetuadas pelos outros dedos. "Recuerdos de la Alhambra" é uma das músicas que usa tremolo das mais conhecidas.
:okok:

felipe
Mensagens: 55
Registrado em: Ter 04 Nov 2008, 04:03
Localização: rio de janeiro

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por felipe » Qua 12 Nov 2008, 13:02

harmônico em geral, simplificado por Harm.. Tem diversas notações diferentes, mas refere-se ao efeito de conseguir notas mais agudas do que originalmente se produziria com a corda sem essa técnica. Consiste em diminuir a extensão da vibração da corda por um número inteiro (2, 3, 4... Mais comumente por 2 ou 3), abafando-se a corda nessa divisão com um dedo, em geral da mão esquerda, mas pode aparecer a exigência de se usar a mão direita também.

Uma indicação comum é quando, sobre as notas, aparece ou a palavra harm., ou bolinhas brancas. Agora começam as variações.

Quando você tem a indicação do traste em que o harmônico deve ser feito (em geral com um algarismo romano, assim como a notação de pestana), a nota anotada pode ser tanto a da corda solta em que esse harmônico será realizado quanto o som do harmônico em si, isto é, o que irá soar de fato.

Aí vai do bom senso: há compositores que simplesmente colocam as notas que devem soar, e um harm. em cima ou bolinhas, e você deve conhecer quais harmônicos uma corda produz.

Falando em pestana, vamos esclarecer:

pestana: A indicação de pestana também apresenta variações na partitura.

Há edições que apresentam algarismos romanos. Por exemplo: VII quer dizer que você tem de fazer a pestana na sétima casa. Essa notação pode ficar mais completa quando se anota até que corda a pestana será feita. Por exemplo: V3 indica que a pestana é na casa cinco, até a terceira corda.

Outra indicação comum é o C e o ¢. C indica pestana inteira, e o ¢ indica meia-pestana, até a terceira corda. Em geral, não vem anotado em que casa deve ser feita a pestana, então tem de ir do bom senso denovo, visto que, individualmente, pode haver mais de uma possibilidade.

Mac

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por Mac » Qui 13 Nov 2008, 15:21

Felipe

Sugiro que você resista à tentação de copiar, literalmente, trechos da mensagens já publicadas em foruns da internet - basta indicar a página onde o original foi postado. Economiza nosso tempo e é, vamos dizer assim, intelectualmente mais aceitável.
Abraços

MARCOLEAL

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por MARCOLEAL » Qui 13 Nov 2008, 16:07

"flageolet: Emissão de harmônicos, em geral com as cordas soltas. É assim que se fala no meio erudito..."


Ola Filipe, tive um prof. Ucraniano que se referia e quando abordamos o tema Harmonicos dizia "flageolet" e como nunca tinha ouvido antes julguei ser termo ou espressao de origem Ucraniana mas afinal... Ainda por uma vez ou duas me referi ao tal "flageolet" como harmonicos ao qual ele prontamente me corrigiu "flageolet","flageolet","flageolet" . :bravo:

MARCOLEAL

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por MARCOLEAL » Qui 13 Nov 2008, 17:42

Ola Mac, concordo contigo ,aliais ao copiarmos algo estamos obrigados a mencionar a fonte.Agora, existe um certo "facilitismo" por parte do forum, o que menos falta é pessoas super qualificadas no forum (graças a DEUS).No entanto , a nao existencia de certos topicos fixos que ao meu ver sao "obrigatorios" faz com que se esteja constatemente a abrir topicos repetidos, é uma seca ,aliais se for ver a maior parte dos ultimos post do nosso colega Fernando Sor (espero que nao se importe de mencionar o seu nome) vais ver que ele constatemente apela ao autor do post para usar a busca pois tal assunto foi exastivamente discutido.Nao queria usar a palavra "obrigatorio" mas é nessesario a seleçao de certas materias com a adiçao de fotos que por exemplo nos aquecimentos e alongamentos sem instrumento fazem muita falta pois uma imagem por vezes vale mais que mil palavras. Existe tambem uma materia sobre unhas do Prof. Eduardo que devia ser topico fixo este assunto relacionado com termos tambem devia ter um topico fixo ... enfim existe uns detalhes que fazem toda a diferença.Nao quero de forma alguma desmerecer o trabalho dos moderadores que muito fazem por este espaço mas sao somente opinioes . :okok:

Mac

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por Mac » Qui 13 Nov 2008, 18:04

É, MarcoLeal, eu tambem acho que os controles sobre a abertura de tópicos deviam ser mais rigorosos. Vamos ver se com essa mudança forçada (espero que o Léo e os demais consigam manter esse ameaçado forum em PT) esses pontos sejam também analisados, para melhorar. Abraços

felipe
Mensagens: 55
Registrado em: Ter 04 Nov 2008, 04:03
Localização: rio de janeiro

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por felipe » Sex 14 Nov 2008, 01:30

:shock: :shock: :shock: perai, perai, a minha intençao foi só de ajudar publiquei pensando que ajudaria( ou como vcs queiram dizer colei e copiei) a minha intençao era de ajudar, pois tem muita gente que não sabe. desculpe então.. falou :oops: :oops:

josihell

Re: termos partiturísticos para violão!!!!

Mensagem por josihell » Sex 14 Nov 2008, 02:28

Felipe...

Se o texto foi copiado da internet, é importante citar a fonte para que as pessoas saibam de quem são os créditos pela composição do texto... Você pode fazer isso editando suas mensagens, colocando a fonte ou simplismente colocando o link no tópico viewforum.php?f=30