Decorar as partituras

Lucio
Mensagens: 6
Registrado em: Sex 29 Ago 2008, 15:05

Re: Decorar as partituras

Mensagem por Lucio » Seg 01 Set 2008, 20:03

Não sei se sou louco, mas acho que se decora uma partitura não pensando em decorar.
Explicando: não se concentre em gravar cada nota, mas no tocar. Tente aperfeiçoar cada detalhe, tocar minuciosamente o que ela pede, tente chegar à perfeição se concentrando no tempo, na força e nos pormenores de cada parte da partitura, mas sem a pressão de decorar.

Quando conseguir o resultado desejado, terá decorado sem ter percebido.

Sobre partituras, Alberto Rodolfo, na biblioteca do fórum há ótimas.

renantur
Mensagens: 14
Registrado em: Seg 01 Set 2008, 21:13

Re: Decorar as partituras

Mensagem por renantur » Seg 01 Set 2008, 21:35

Eis um grande problema pra mim...e não só com as partituras, mas todas músicas em geral. :oops:

Ronaldo Girotto
Mensagens: 1
Registrado em: Ter 02 Set 2008, 15:24

Re: Decorar as partituras

Mensagem por Ronaldo Girotto » Sáb 06 Set 2008, 02:38

Para decorar já tenho até um pouco de facilidade. Meu maior problema é ler em tempo real.
Porem é o meu sonho.
Sei que não é impossível.

Carlos
Mensagens: 30
Registrado em: Qui 14 Jun 2007, 03:10

Re: Decorar as partituras

Mensagem por Carlos » Dom 05 Out 2008, 23:48

Peri Valencio escreveu:Ola amigos, para mim decorar eh tocar "300.000 vezes" a mesma musica, agora oque reparo e acho que acontece com todos eh que decoro apenas as que realmente sao as mais "amadas", aquelas que agente mais gosta, somos capazes de decorar de primeira, ou porque achamos a melodia muito especial ou porque sao aquelas que sempre almejamos tocar.
Olá Peri, ao contrário do que parece, decorar uma música não é um processo natural que faz a partitura entrar no cérebro por osmose. Tem que ter um método para isso e, com certeza, tocar 300.000 vezes a mesma música não é um bom método para isso.

Hellen
Mensagens: 2
Registrado em: Sex 10 Out 2008, 19:45

Re: Decorar as partituras

Mensagem por Hellen » Sex 10 Out 2008, 20:22

Oi, pessoal

Não sei se isso é normal, mas eu tenho facilidade em decorar partituras "difíceis" e não consigo decorar partituras fáceis de ler.
Isso acontece com todos?

Moisés Figueiredo
Mensagens: 28
Registrado em: Ter 12 Ago 2008, 18:53

Re: Decorar as partituras

Mensagem por Moisés Figueiredo » Sáb 11 Out 2008, 23:27

Hellen,nós não decoramos as patituras fáceis porque é desnecessário, já que é possível efetuar a leitura em tempo real. E como falou o amigo Allan K. o ato de decorrar não ocorre involuntariamente, mas é fruto de estudo tanto da forma como da frase musical. Eu consigo decorrar com uma certa facilidade pois o que consigo tocar é a custa de muito estudo.

Mac

Re: Decorar as partituras

Mensagem por Mac » Qua 22 Out 2008, 21:11

Há um artigo de um violonista chamado James Andreas, que li há alguns anos atrás (ainda está lá: http://www.acousticfingerstyle.com/memorize.htm), em que ele argumenta sobre memorização de peças. Está em inglês, e é muito interessante, embora eu jamais tivesse ouvido falar em James Andreas antes disso. Em resumo, ele argumenta que há três tipos de memória que um músico utiliza: a memória "dos dedos", a memória visual, e a memória de "ouvido".

1. A memória "dos dedos" (muitos professores aqui chamam de "memória muscular"), é a que faz com que um instrumentista toque "no automático", como se diz. Depois de tocar uma peça incontáveis vezes, a memória "muscular" toma conta do básico (é a memória mais primitiva, e "não inteligente". Desconfio que por isso seja difícil "consertar" os erros de técnica instrumental depois de muito tempo praticando).

2. A memória de "ouvido" é a mais interessante, porque está ligada ao talento inato ou natural que algumas pessoas possam ter. É o conhecimento de cada nota musical como som específico, ouvida externa e internamente, identificando o tom e a afinação, podendo reproduzi-la através do canto. Ele afirma: "você precisa saber cantar as notas se quiser ser um músico".

3. E a memória visual é a lembrança da música escrita (eu diria que, também, e principalmente, é a lembrança das posições da mão esquerda no braço do violão).

E ao final propõe um teste:

- memória "muscular": tente tocar a música sem a ajuda da partitura; se não conseguir, você precisa repetir mais e mais a peça.
- memória de ouvido: toque a música "na cabeça", e cante alto a melodia; se não consegue, tente mais e mais até fazê-lo;
- memória visual: feche os olhos e "veja" a música (i.e., a partitura, ou a tablatura, etc.). Diga as primeiras notas, Se não conseguir, olhe novamente a música escrita e grave-a no cérebro!

Um tanto radical, mas dá o que pensar....

Abraços

edmarlomba
Mensagens: 9
Registrado em: Qua 23 Jan 2008, 12:51

Re: Decorar as partituras

Mensagem por edmarlomba » Qua 22 Out 2008, 21:23

Eu costumo estudar as partituras por partes , decorando-as gradativamente. Mas algumas partituras das quais não tenho interesse em decorar, eu toco lendo-as. 'As vezes , acabo decorando mesmo assim... mas se o intuito é decorar , pra mim pelo menos, o jeito mais fácil é estudando e decorando aos poucos...

diviajar
Mensagens: 45
Registrado em: Sáb 28 Jun 2008, 17:14
Localização: Bélgica, mas não sou belga

Re: Decorar as partituras

Mensagem por diviajar » Qui 23 Out 2008, 04:02

Eu tenho que estudar com o intuito de decorar, como diz o David Russell.

Pergunta para vocês: depois se esquece? Ou é como andar de bicicleta??

Quantas músicas vocês conhecem de cor?

Eu desenvolvi uma fobia de esquecer as poucas músicas que sei (estudo há quase 4 meses interrompidos). No momento, sei 7 decoradas e estou no finalzinho da oitava, que é a linda Milonga, do Argentino Jorge Cardoso. Linda... ai, ai...

FernandoSor
Mensagens: 1111
Registrado em: Ter 01 Nov 2005, 15:29

Re: Decorar as partituras

Mensagem por FernandoSor » Sex 24 Out 2008, 20:17

Quando se estuda a fundo, não se esquece tão rápido.
Acho que consigo ficar umas 3h tocando sem parar, com o que tenho na cabeça, valendo alguns errinhos e improvisações em trechos esquecidos...
Se ficar mais de ano sem tocar uma música, já não vem tudo certinho, mas basta reler e tocar por alguns dias que relembro tudo rapidamente.

Gustavo Mesquita
Mensagens: 8
Registrado em: Sáb 04 Out 2008, 22:19

Re: Decorar as partituras

Mensagem por Gustavo Mesquita » Sáb 25 Out 2008, 16:19

Com certeza se vc ler apartitura vai ser bem melhor Porque decorando todo mundo toca mas lendo a partitura ai eu quero ver :lol:

FernandoSor
Mensagens: 1111
Registrado em: Ter 01 Nov 2005, 15:29

Re: Decorar as partituras

Mensagem por FernandoSor » Sáb 25 Out 2008, 18:17

Allan K. escreveu:David Russel disse que para vc decorar uma partitura, uma obra, vc não deve decora-lá ocm o passar dos estudos. Ou seja, se vc quer decorar ela, vc deve sentar, estudar a partitura, e tudo isso com o intuito de decorar a partitura.
Pra mim, decorar qualquer coisa q se vá executar no violão é imprecindivel, desde uma escala, a uma grande obra. Varias fatores contribuem para que seu desempenho seja melhor, depois q vc tem na sua cabeça, oq vc vai tocar.
Concordo.
Acho importante aprender a música entendendo. Tem que memorizar a música em si, entendendo as cadências etc., conforme comentei. Um exercício que acho bom é pegar uma música bem simples e tentar aprendê-la sem o violão.
Comece cantarolando as notas, depois imagine vc tocando, como faria, como digitaria. Fique estudando até memorizar inteira, imaginando vc tocando, sem usar o violão. Depois disso tente tocá-la ao violão sem a partitura, de primeira.
Sou capaz de aprender uma música sem o violão, só com a partitura. Depois pego o violão e toco de primeira. Não é tão difícil quanto parece, basta treinar a fazer isso que se aprende. É claro que não dá pra fazer com qualquer música. Tem músicas que exigem um certo virtuosismo que só sai praticando muito mesmo.
Lucio escreveu:Não sei se sou louco, mas acho que se decora uma partitura não pensando em decorar.
Explicando: não se concentre em gravar cada nota, mas no tocar. Tente aperfeiçoar cada detalhe, tocar minuciosamente o que ela pede, tente chegar à perfeição se concentrando no tempo, na força e nos pormenores de cada parte da partitura, mas sem a pressão de decorar.
Acho que isso funciona, mas não é tudo. Decorando assim, vc consegue tocar a mesma música em outra tonalidade de primeira? Consegue tocá-la mudando completamente a digitação? E mudando a afinação de alguma corda?
É aí que pesa a dica do David Russell, em que é importante aprender a música, não somente decorar o malabarismo dos dedos.